Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Dissertação

A PRÁTICA DOCENTE E A UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS ATIVAS NA EDUCAÇÃO TÉCNICA PROFISSIONAL

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional

Linha de Pesquisa: Formação do Formador

Autor: Adriana de Marchi Gonçalves

Orientador: Prof. Dr. Roberto Kanaane

Data de Apresentação: 18/06/2020

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Prof. Dr. Roberto Kanaane

Profa. Dra. Silvia Piedade de Moraes

Prof. Dr. Rodrigo Avella Ramirez


RESUMO

GONÇALVES, A. De M. A prática docente e a utilização de metodologias ativas na educação técnica profissional. 100 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2020.


O cotidiano em sala de aula, ao lidar com conteúdos técnicos, muitas vezes complexos e extensos, torna-se fundamental a utilização de diversas práticas pedagógicas. Percebe-se que o envolvimento dos alunos tende a ser efetivo e a construção do conhecimento é desenvolvida de maneira diferenciada. Esta dissertação tem por objetivo geral: Investigar a aplicabilidade das metodologias ativas, adotadas por professores da educação técnica de nível médio em edificações, no eixo de infraestrutura. Quanto aos objetivos específicos: Verificar quais são as práticas pedagógicas utilizadas na educação técnica profissional, no eixo de infraestrutura; Identificar a visão dos discentes, quanto as práticas adotadas pelos docentes. O método de pesquisa adota abordagem mista, qualitativo e quantitativo, utilizando referências bibliográfica, coleta e análise de dados de pesquisas, sob a forma de questionários e entrevistas com questões dirigidas. A análise dos resultados da pesquisa sinaliza que os docentes utilizam com frequência as metodologias ativas, corroborando com os alunos que destacam a importância dessas metodologias no desenvolvimento do conhecimento para ingressar no mercado de trabalho. Destaca-se como métodos ativos mais utilizados o Estudo de Caso, a Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL), Aprendizagem Baseada em Projetos (ABProj), Simulações e Peer Instruction, nas respostas dos professores, os alunos citam em menor quantidade a Peer Instruction. Para o coordenador de curso, é importante envolver o aluno como ator no desenvolvimento do conteúdo, acrescenta inclusive que nesta unidade educacional a gestão incentiva a inserção de metodologias ativas em todos os cursos, e o sistema acadêmico utilizado nesta unidade, em que professores e alunos tem acesso, para a comunicação e disponibilização de materiais complementares através dele.. Pode-se concluir que as metodologias ativas são adotadas com frequência e proporcionam resultados positivos no desempenho dos alunos. Destaca-se nos resultados que os docentes participantes da pesquisa, tem em média vinte anos de experiência profissional, e quinze anos de atuação docente, e todos possuem formação pedagógica, além de indicarem que se dedicam a aprender e incorporar novas metodologias em suas aulas, assim como a utilização de tecnologia de informação e comunicação com os alunos.


PALAVRAS-CHAVE
Educação Profissional, Prática docente, Metodologias ativas, Infraestrutura, Edificações