português ingles
Dissertação

Aprendizagem significativa, educação ambiental e ensino de química: A experiência realizada em uma escola pública

Curso: Mestrado Profissional em Tecnologia: Gestão, Desenvolvimento e Formação

Linha de Pesquisa: Tecnologias Ambientais

Autor: Rosemeire de Oliveira

Orientador: Profª. Drª. Silvia Pierre Irazusta

Data de Apresentação: 26/06/2012

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Profª. Drª. Silvia Pierre Irazusta

Prof. Dr. Sergio Ricardo Lourenço

Profª. Drª. Senira Anie Ferraz Fernandez


RESUMO

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a percepção, receptividade e compreensão dos alunos de uma Escola Estadual de Santo André em São Paulo acerca dos conceitos da disciplina química, quando apresentados sob um enfoque ambiental. A escola encontra-se em área de manancial e caracteriza-se por público carente. A investigação teve como foco levar os aprendizes a uma proposta de medição de pH de chuva do local de sua moradia e relacionar os resultados encontrados com conceitos de acidez, basicidade e poluição atmosférica. A hipótese levantada nesta pesquisa é que o nível de compreensão e interesse dos alunos torna-se maior quando os conceitos de química são ligados à vida e aos interesses dos alunos. A metodologia adotada neste trabalho foi pesquisa-ação, na qual se busca, em sua fase diagnóstica, aferir os conhecimentos prévios dos alunos com relação à química e sua relação com o meio ambiente por meio da aplicação de um questionário. Na fase de planejamento os alunos realizaram coleta e medição de pH de amostras de água de chuva no período compreendido entre junho e novembro de 2011 para posterior análise dos resultados e compilação dos resultados obtidos por meio da construção de gráficos, além da realização de pesquisas com o objetivo de efetuar uma análise crítica dos resultados obtidos e efetuar correlação com os dados obtidos pela Companhia Estadual de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Cetesb) acerca de emissões de poluentes atmosféricos que favorecem a precipitação ácida.  Buscou-se assim, como meio pedagógico diferenciado daquele proposto pelo material didático enviado pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, mais direcionado à vivência dos alunos e seu ambiente, uma proposta de ensino contextualizado e significativo. Como fase de avaliação, foi aplicada novamente uma questão aos alunos que versava sobre a importância do ensino de Química no ensino médio. Os resultados indicaram uma melhor compreensão dos conceitos químicos e ambientais, bem como uma maior receptividade à disciplina, revelando que 87% dos estudantes passaram a considerar importante o estudo de Química, contra 56% da pesquisa inicial, evidenciando a importância do ensino contextualizado, significativo e prático para o aluno.


PALAVRAS-CHAVE
aprendizagem significativa, chuva ácida, ensino médio, escola pública, meio ambiente