português ingles
Dissertação

COORDENADORES DE CURSO NO ENSINO MÉDIO E TÉCNICO: A FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS NAS ESCOLAS TÉCNICAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional

Linha de Pesquisa: Política, Gestão e Avaliação

Autor: Cristiano Pereira da Silva

Orientador: Prof. Dr. Paulo Roberto Prado Constantino

Data de Apresentação: 23/04/2021

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Prof. Dr. Paulo Roberto Prado Constantino - CEETEPS

Prof. Dr. Sidinei de Oliveira Sousa - UNOESTE

Profa. Dra. Marilia Macorin de Azevedo - CEETEPS

 


RESUMO

SILVA, Cristiano Pereira. Coordenadores de curso no ensino médio e técnico: a formação dos profissionais nas Escolas Técnicas Estaduais de São Paulo. 107 f.Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2021.

 

A pesquisa pretende delinear a formação dos coordenadores de cursos de ensino médio e técnico nas Escolas Técnicas Estaduais [Etec] de São Paulo, ao explorar aspectos relacionados à trajetória histórica e formação inicial e continuada dos profissionais, no âmbito de um sistema público de educação profissional, o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza [CEETEPS ou Centro Paula Souza]. Por meio de uma pesquisa documental e de campo do tipo survey, de abordagem qualitativa, realizada entre 128 coordenadores de curso de 75 Etecs distribuídas pelo Estado, foi desenvolvida no âmbito do Grupo de Pesquisa ‘Gestão, Avaliação e Organização da Educação Profissional’ e alinhada ao projeto “Atores da Educação Profissional e Tecnológica”, do qual participa o Grupo “Gestão, Administração e Cultura da Educação Profissional e Tecnológica – GEACEP”; que visa compor um mosaico dos aspectos educacionais e gestionários das equipes pedagógicas de escolas técnicas e faculdades de tecnologia públicas ligadas ao Centro Paula Souza e demais instituições educacionais. Insere-se na possibilidade de expansão de uma literatura ainda incipiente sobre a coordenação de cursos na educação profissional, apontando resultados sobre a formação e inserção destes sujeitos, desvelando lacunas existentes, oportunidades de formação pouco exploradas, a constituição do grupo de profissionais enfocado. Estes resultados, em relação à formação dos coordenadores de curso, destacaram a necessidade de alinhamento da formação inicial e continuada aos temas relacionados à gestão de legislação e da informação, aspectos pedagógicos e gestionários das unidades escolares. Quanto à sua inserção, apontou-se a imperativa dotação e distribuição de carga horária suficiente para um melhor desempenho de suas atividades, bem como a importância dos incentivos variados ao desenvolvimento da atividade de coordenação. Em perspectiva, este ator emergiu como imprescindível para os processos e os resultados das escolas técnicas estaduais, desde seu primeiro reconhecimento histórico em 1988 e, posteriormente, acompanhando os movimentos de forte expansão institucional no início do século XXI.


PALAVRAS-CHAVE
Coordenação de curso, Gestão escolar, Educação profissional, Formação de gestores, Políticas educacionais