Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Dissertação

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL: CONTRIBUIÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCACIONAIS PARA A EMPREGABILIDADE

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional

Linha de Pesquisa: Formação do Formador

Autor: Flavio Lourenço de Carvalho

Orientador: Prof. Dr. Carlos Vital Giordano

Data de Apresentação: 22/06/2020

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Prof. Dr. Carlos Vital Giordano

Prof. Dr. Adilson Caldeira

Prof. Dr. Roberto Kanaane


RESUMO

CARVALHO, F. L. Educação profissional: contribuição das práticas educacionais para a empregabilidade. 111 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2020.


Em um contexto socioeconômico altamente competitivo e em constante transformação, ter uma boa empregabilidade é um requisito fundamental para o mundo de trabalho. Diante disso, este estudo foi realizado com o objetivo de analisar de que forma as práticas educacionais aplicadas ao desenvolvimento das competências de empregabilidade atendem à demanda socioeconômica local. A investigação de caráter descritivo, exploratório e correlacional, com abordagens qualitativa e quantitativa, elaborada em duas fases sequenciais: a primeira explora qualitativamente as competências requeridas do técnico em administração, coletando dados, por meio de entrevista semiestruturada, junto aos gestores ou profissionais de recursos humanos das empresas da região da cidade alvo. Os resultados da primeira fase embasaram a segunda fase, que descreveu o processo da prática educacional dos docentes do curso alvo da instituição de ensino local, isso por meio de questionário e análises documentais. Os dados coletados, tratados e analisados estatisticamente, com a utilização dos programas IBM SPSS, MS Access e MS Excel, apresentados por meio de tabelas, quadros e gráficos, descrevendo e correlacionando os resultados das pesquisas documentais e das entrevistas. Considera-se que não há significativos indícios de relações entre a empregabilidade, diretrizes e as práticas adotadas, como resultados do modelo de análise proposto.


PALAVRAS-CHAVE
Educação Profissional, Curso Técnico, Trabalho, Emprego