Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Dissertação

MOBILIDADE ACADEMICA DISCENTE NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TECNOLÓGICA DO CENTRO PAULA SOUZA

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional

Linha de Pesquisa: Formação do Formador

Autor: Evandro Moraes

Orientador: Profa. Dra. Senira Anie Ferraz Fernandez

Data de Apresentação: 16/06/2020

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Profa. Dra. Senira Anie Ferraz Fernandez

Prof. Dr. Luis Enrique Aguilar

Profa. Dra. Sueli Soares dos Santos Batista


RESUMO

MORAES, EVANDRO. Mobilidade Acadêmica Discente Na Educação Profissional e Tecnológica. 117 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2019.


O presente trabalho identifica as práticas de mobilidade estudantil que operacionalizam os programas de intercâmbio no Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza - CEETEPS: quais são seus modos de regulação, tendências, limites e desafios, tendo como cenário o âmbito geopolítico e intercultural. Ao se debruçar de modo peculiar no planejamento estratégico da instituição em foco, observando como as políticas institucionais, o planejamento em si e as diretrizes referentes à internacionalização convergem ao atendimento daquilo que se espera da internacionalização da educação, compreendeu-se como se operacionalizam e se desenvolvem os programas de mobilidade acadêmica discentes oferecidos. O método usado é qualitativo e o tipo de pesquisa é o documental, compreendida como um processo que se utiliza de métodos e técnicas para a apreensão, compressão e análise de documentos dos mais variados tipos e onde o conhecimento é construído a partir da organização e da ordenação dos elementos fornecidos pelas evidências empíricas. Além do levantamento bibliográfico, a pesquisa utilizou também a coleta de material de fontes primárias como ferramenta. A globalização fomenta a interdependência de informações para a produção do conhecimento. Para tanto, a formulação de estratégias e de políticas de internacionalização da educação, entre elas, ações voltadas para o intercâmbio estudantil são elementos primordiais que definirão um processo sustentável de internacionalização da instituição. A estrutura do trabalho compreende de 3 diferentes capítulos, que tratam sobre a mobilidade acadêmica discente na educação profissional tecnológica, a internacionalização da educação frente às exigências da globalização e as políticas e práticas de operacionalização dos programas de mobilidade acadêmica discentes em vigor no CEETEPS.


PALAVRAS-CHAVE
Globalização, Educação Profissional, Internacionalização da Educação, Mobilidade Acadêmica, Intercâmbio Estudantil