Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Dissertação

Um estudo exploratório das capacidades para inovação frugal na indústria brasileira de televisão

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos

Linha de Pesquisa: Gestão da Inovação Tecnológica e Sustentabilidade

Autor: Alex Maia Viana

Orientador: Prof. Dr. Rosinei Batista Ribeiro

Data de Apresentação: 27/06/2022

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Prof. Dr. Rosinei Batista Ribeiro - CEETEPS

Prof. Dr. Dennys Eduardo Rossetto - FGV

Prof. Dr. Napoleão Verardi Galegale - CEETEPS


RESUMO

VIANA, A. M. Um estudo exploratório das capacidades para Inovação Frugal na Indústria Brasileira de Televisão. 83 F. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2022.

 

A Inovação Frugal caracteriza-se, principalmente, por “fazer mais com menos”, no desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos, gerando valor com menos recursos. O presente estudo objetiva identificar se as empresas brasileiras de televisão possuem as capacidades organizacionais para implementar a Inovação Frugal no desenvolvimento de tecnologias digitais. A pesquisa é exploratória, visto que o tema é relativamente recente e pouco abordado na literatura. A metodologia de pesquisa foi mista: qualitativa, por meio de análise de conteúdo das transcrições extraídas de entrevistas; e quantitativa, por meio da utilização de um instrumento validado para mensurar as capacidades organizacionais para a Inovação Frugal, isto é, a Escala de Inovação Frugal de Rossetto (2018), baseada em três dimensões: (1) Foco em funcionalidades essenciais e desempenho; (2) Redução substancial de custo; e (3) Engajamento sustentável compartilhado. Os resultados do piloto identificaram uma redução de custo significativa após a substituição da tecnologia de transmissão de conteúdo, a saber, equipamentos de transmissão via satélite presentes em micro-ônibus ou furgões, com custo aproximado de US$ 200.000,00 para cada veículo, por equipamentos portáteis de aproximadamente US$ 40.000,00 cada, transportados em mochilas, capazes de transmitir áudio e vídeo pela Internet, utilizando a rede de dados móveis 4G, com a mesma qualidade ou superior. E a pesquisa quantitativa baseou-se no uso da Escala de Inovação Frugal, que permitiu a mensuração e evidenciação de quais capacidades organizacionais as empresas brasileiras de televisão possuem ou necessitam desenvolver para implementar a Inovação Frugal no desenvolvimento de tecnologias digitais.


PALAVRAS-CHAVE
Inovação Frugal. Sistemas Produtivos de Televisão. Redução de custo. Mochilink. Transmissão pela Internet