Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Dissertação

O paradigma da transformação digital no trabalho

Curso: Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional

Linha de Pesquisa: Formação do Formador

Autor: Jocilaine de Carvalho Araujo

Orientador: Prof. Dr. Roberto Kanaane

Data de Apresentação: 06/06/2022

Contato: mestrado@cps.sp.gov.br


BANCA

Prof. Dr. Roberto Kanaane - CEETEPS

Prof. Dr. Adilson Caldeira – MACKENZIE

Prof. Dr. Paulo Roberto Prado Constantino - CEETEPS


RESUMO

ARAUJO, J. C. O Paradigma da Transformação Digital no Trabalho. 115 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Desenvolvimento da Educação Profissional). Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, São Paulo, 2022.

 

O presente trabalho teve por objetivo analisar os impactos da utilização de tecnologias de informação e comunicação (TIC) no ambiente organizacional, no que tange aos aspectos de desempenho, clima, qualidade do trabalho e acesso à informação, de acordo com a percepção dos profissionais. Utilizou-se como instrumento de pesquisa perguntas abertas e fechadas que tiveram como foco a valoração do trabalho, discussões sobre o futuro do trabalho e transformação digital e utilização das TIC no ambiente organizacional. A fim de delimitar o objeto de pesquisa, as TIC consideradas foram: aplicativos de mensagem instantânea, videoconferência e redes sociais. A metodologia usada foi uma pesquisa do tipo survey de natureza mista (qualitativa e quantitativa) com caráter exploratório e descritivo. A amostragem foi não probabilista por acessibilidade da pesquisadora e alcançou 107 respostas válidas. Os resultados obtidos demonstraram maior incidência de termos que representam o trabalho com significados de valor social (23%) e econômico (18%), também demonstrou que o tema da transformação digital e futuro do trabalho é abordado nas organizações da maior parte do grupo pesquisado (36%). Foi possível identificar o uso muito frequente de aplicativos entre o grupo analisado, sendo eles: de mensagem instantânea (69%), de videoconferência (55%) e de redes sociais externas (23%). Os aspectos que apresentaram maior aumento devido à utilização das TIC foram “ansiedade e stress ligados ao trabalho” e “acesso à informação e conteúdos úteis.


PALAVRAS-CHAVE
Transformação Digital. Trabalho. Educação Profissional. TIC. Tecnologia de Informação e Comunicação. Gestão e Avaliação